Temas e Projetos no Ensino Fundamental I

1º ao 5 º ANO

Temas e Projetos no Ensino Fundamental I

1º ao 5º ANO

A Pedagogia de Projetos teve seu fundamento no início do século passado, com as teorias e ideias desenvolvidas pelo filósofo John Dewey (1859-1952), baseadas no fato de que o conhecimento é construído pelo sujeito, sempre que este tem a oportunidade de interagir com o mundo de forma autônoma e prazerosa.

Essa é uma metodologia de trabalho pedagógico que valoriza a participação do educando e do educador no processo ensino/aprendizagem, tornando-os responsáveis pela elaboração e desenvolvimento de cada projeto, que a cada ano tem as suas peculiaridades, de acordo com a turma que o desenvolverá.

Além da experiência da aprendizagem interdisciplinar, o principal objetivo do trabalho com projetos é propiciar um aprendizado significativo, a partir do tema estudado.

A interdisciplinaridade que se constrói valoriza todos os diferentes saberes e experiências, indissociáveis na produção de sentido da vida, e reforça a ideia de que, através de diferentes áreas do conhecimento, é possível conhecer as interações entre o mundo natural e a sociedade.

Os diversos olhares sobre um mesmo objeto de estudo redefinem o conhecimento a seu respeito, ampliando o leque de todos os envolvidos no processo, dando sentido aos conhecimentos e possibilitando ações transformadoras.

Temas e Projetos 2016

1º Ano – Projeto Tartarugas Marinhas


A sociedade moderna estabeleceu uma relação destrutiva com o meio ambiente. Nessa relação, várias espécies animais já foram extintas e outras estão em vias de extinção. Portanto, estimular as crianças a olharem a natureza como parte integrante de sua vida é o início da construção de uma relação equilibrada e duradoura com o meio ambiente.

Uma das características deste Projeto é a escolha do nome, o que, a cada ano, realizada é realizado pelos próprios alunos. O objetivo deste Projeto é possibilitar ao aluno e à professora, através de recursos lúdicos, dar continuidade ao processo de alfabetização, utilizando como referência a trajetória de vida de uma tartaruga marinha e permitindo a abordagem dos demais conteúdos propostos no planejamento. Para este trabalho, desenvolvemos uma parceria longeva e importante com o Projeto Tamar.

Horta – Saúde que Vem da Terra – 2º Ano


A escola é um espaço privilegiado para a promoção da saúde e desempenha papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida, entre eles o da alimentação. Na atualidade, a oferta excessiva de alimentos processados industrialmente pode ser minimizada através do conhecimento da produção de alimentos orgânicos que a cada ano ganha mais força. Ao se tratar do tema, busca-se considerar a alimentação como algo essencial à sobrevivência humana. O hábito de comer todos os tipos de alimentos deve ser criado na infância.

O trabalho com horta é uma das formas da criança manter um contato direto com a natureza, a partir da observação da vida em desenvolvimento, sensibilizando-os para a importância dos cuidados e da preservação da natureza e de seus ciclos da vida. O desenvolvimento de posturas alimentares e a construção de hábitos saudáveis também são objetivos da proposta.  O Projeto Horta é iniciado no primeiro trimestre de aulas com a colaboração voluntária de Hamilton Bufalo, pai de aluno da Escola; do IPEMA – Instituto de Permacultura (base do Corcovado e Ubatumirim); de hortas comunitárias e de iniciativas particulares do entorno.

Horta – Saúde que Vem da Terra – 2º Ano


A escola é um espaço privilegiado para a promoção da saúde e desempenha papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida, entre eles o da alimentação. Na atualidade, a oferta excessiva de alimentos processados industrialmente pode ser minimizada através do conhecimento da produção de alimentos orgânicos que a cada ano ganha mais força. Ao se tratar do tema, busca-se considerar a alimentação como algo essencial à sobrevivência humana. O hábito de comer todos os tipos de alimentos deve ser criado na infância.

O trabalho com horta é uma das formas da criança manter um contato direto com a natureza, a partir da observação da vida em desenvolvimento, sensibilizando-os para a importância dos cuidados e da preservação da natureza e de seus ciclos da vida. O desenvolvimento de posturas alimentares e a construção de hábitos saudáveis também são objetivos da proposta.  O Projeto Horta é iniciado no primeiro trimestre de aulas com a colaboração voluntária de Hamilton Bufalo, pai de aluno da Escola; do IPEMA – Instituto de Permacultura (base do Corcovado e Ubatumirim); de hortas comunitárias e de iniciativas particulares do entorno.

Maricultura – 3º Ano


Ubatuba é uma cidade litorânea intimamente ligada às atividades pesqueiras como uma das fontes de renda e trabalho. Os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental muitas vezes desconhecem a diversidade destas atividades em sua cidade e a investigação científica é uma das formas mais apropriadas para se conhecer ou descobrir novos caminhos. Aproveitando a curiosidade natural dos alunos e as ferramentas disponíveis no município, é possível trabalhar com a natureza utilizando objetos e equipamentos tecnológicos com os quais a criança convive ou poderá conviver no município.

A utilização de atividades variadas permite que os alunos possam entrar em contato com muitos temas ligados à aprendizagem científica e tecnológica, ajudando o estudante a compreender melhor o mundo em que vive.

Participar de todas as etapas do desenvolvimento de uma pesquisa permite o envolvimento ativo da turma no tema, proporcionando a ampliação e a modificação do que os estudantes já sabem a respeito de variados conceitos. Essa é uma forma de aprendizagem dos procedimentos científicos, tais como a observação de fenômenos, a coleta, a seleção e a organização de informações, sendo também importante para que ele incorpore valores éticos.

O desenvolvimento da pesquisa permitirá ao aluno estabelecer a relação entre o homem e o meio ambiente, percebendo que essa relação se desenvolve de maneira processual e ao longo do tempo, onde a ação humana diante dos recursos naturais pode ser positiva ou negativa.

Apoio: Maricultura Sr. Higino (Barra Seca)

Noite de Mistérios – 4º Ano


O trabalho desenvolvido com os alunos tem como objetivo contemplar a apreciação e a produção de histórias cheias de fantasia e suspense e possibilitar que lidem com sentimentos de medo em suas mais variadas versões, permitindo a dubiedade de vivenciar o medo e a coragem, duas faces da mesma moeda.

Atualmente, as ações dessa sequência didática conversam com as disciplinas de Língua Portuguesa, História, Inglês e Espanhol ( Halloween e a Festa Latina das caveiras), numa abordagem interdisciplinar que enriquece o aprendizado além de ampliar o universo cultural relativo ao tema.

Noite de Mistérios – 4º Ano


O trabalho desenvolvido com os alunos tem como objetivo contemplar a apreciação e a produção de histórias cheias de fantasia e suspense e possibilitar que lidem com sentimentos de medo em suas mais variadas versões, permitindo a dubiedade de vivenciar o medo e a coragem, duas faces da mesma moeda.

Atualmente, as ações dessa sequência didática conversam com as disciplinas de Língua Portuguesa, História, Inglês e Espanhol ( Halloween e a Festa Latina das caveiras), numa abordagem interdisciplinar que enriquece o aprendizado além de ampliar o universo cultural relativo ao tema.

História de Ubatuba – 4º Ano


Desenvolvido pelo 4° ano do Ensino Fundamental, este Projeto mergulha na história e na geografia de nossa cidade. Por meio de uma dinâmica ágil, em visitas culturais os alunos percorrem os recantos de Ubatuba e reconstroem a cidade e a história de seu povo.

Este Projeto pretende mergulhar na história do município e possibilitar aos alunos contextualizar Ubatuba de ontem e de hoje realizando diagnósticos dos problemas de nossa cidade e suas possíveis soluções. Destaca-se a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural de Ubatuba, possibilitando aos alunos condições para que os mesmos, de maneira crítica e reflexiva, interfiram e modifiquem a realidade existente.

Jornal – 5º Ano


Compreender o sentido nas mensagens escritas do discurso direto ou indireto favorece que os alunos desenvolvam a sensibilidade crítica para reconhecer a intencionalidade implícita aos conteúdos, especialmente quando veiculados pelos meios de comunicação. Dentre as várias atividades deste Projeto ocorrem saídas a campo, neste caso, uma visita ao jornal Folha de São Paulo.

O Grupo Folha, em parceria com a monitoria “Pé na Estrada”, abre suas portas para um projeto educacional visando atender a escolas públicas, particulares e ao público em geral, interessados em conhecer a história e os bastidores de um dos principais jornais impressos do Brasil.

O principal objetivo desse Projeto é envolver a comunidade local e escolar, veiculando as informações e os acontecimentos mais importantes ocorridos tanto na Escola, como na comunidade em geral. O produto final é a publicação de um jornal.

Jornal – 5º Ano


Compreender o sentido nas mensagens escritas do discurso direto ou indireto favorece que os alunos desenvolvam a sensibilidade crítica para reconhecer a intencionalidade implícita aos conteúdos, especialmente quando veiculados pelos meios de comunicação. Dentre as várias atividades deste Projeto ocorrem saídas a campo, neste caso, uma visita ao jornal Folha de São Paulo.

O Grupo Folha, em parceria com a monitoria “Pé na Estrada”, abre suas portas para um projeto educacional visando atender a escolas públicas, particulares e ao público em geral, interessados em conhecer a história e os bastidores de um dos principais jornais impressos do Brasil.

O principal objetivo desse Projeto é envolver a comunidade local e escolar, veiculando as informações e os acontecimentos mais importantes ocorridos tanto na Escola, como na comunidade em geral. O produto final é a publicação de um jornal.